Elaeagnus ebbingei

Elaeagnus ebbingei é um arbusto perene fixador de azoto que cresce até 5 m por 5 m a uma taxa média.
É resistente à zona 6 e não é sensível à geada. Tem folhas o ano todo, floresce de Outubro a Janeiro e as sementes amadurecem de Abril a Maio.
As plantas produzem flores muito aromáticas no final do Outono e início do Inverno.
As plantas podem ser cultivadas como sebe em posições muito expostas, tolerando a exposição marítima. As plantas oferecem uma proteção muito boa contra o vento, são muito resistentes aos danos dos ventos salgados e também toleram podas regulares. Por fixarem o azoto atmosférico, são boas plantas companheiras e melhoram o crescimento das espécies vizinhas.

Nome latino: Elaeagnus ebbingei
Partes comestíveis: frutas
Com um fruto de tamanho razoável, tem cerca de 20 mm de comprimento e 13 mm de largura, embora tenha uma semente grande.
A fruta deve ser de cor vermelha intensa e muito macia quando totalmente madura, caso contrário será adstringente, tem um sabor muito rico e agradável com uma ligeira acidez. A fruta amadurece intermitentemente durante um período de cerca de 6 semanas, do início a meados de abril até maio.

Propriedades medicinais:
A fruta é uma fonte muito rica em vitaminas e minerais, principalmente em vitaminas A, C e E, flavonóides e outros compostos bioativos. É também uma fonte de ácidos gordos essenciais, o que é incomum para uma fruta. Está a ser investigado como um alimento capaz de reduzir a incidência de cancro.

Como plantar:
São ótimas sebes, formando uma cerca completa e perene, e são ótimas plantas companheiras, podem ser plantadas numa linha antiga de árvores que está a ficar despida na base e com o tempo preencherá os espaços vazios. Toleram a exposição marítima e crescem muito bem em solos pobres e resistentes à seca.
Esta espécie tem uma relação simbiótica com certas bactérias do solo, estas bactérias formam nódulos nas raízes e fixam o azoto atmosférico. Parte desse azoto é utilizado pela planta em crescimento, mas parte também pode ser usada por outras plantas que crescem nas proximidades. Excelente planta companheira, quando cultivada em pomares pode aumentar a produtividade das árvores frutíferas em até 10%.
Estacas de madeira meio madura, de 7 a 10 cm com salto, devem ser envasadas em julho/agosto em estufa. Eles podem ser lentos, mas geralmente têm uma boa porcentagem de enraizamento.

(fonte: pfaf.org)

Category:

Product Description

Elaeagnus ebbingei is an evergreen nitrogen fixing shrub growing to 5 m by 5 m at a medium rate.
It is hardy to UK zone 6 and is not frost tender. It is in leaf all year, in flower from October to January, and the seeds ripen from April to May.
Plants produce very aromatic flowers in late autumn and early winter.
Plants can be grown as a hedge in very exposed positions, tolerating maritime exposure. The plants provide a very good protection from the wind, they are very resistant to damage by salt winds and are also tolerant of regular trimming. Because they fix atmospheric nitrogen, they make good companion plants and improve the growth of neighbouring species.

Latin Name: Elaeagnus ebbingei

Edible parts: fruit
With a reasonable sized fruit, it is about 20mm long and 13mm wide although it does have a large seed.
The fruit should be deep red in colour and very soft when it is fully ripe, otherwise it will be astringent, it has a very rich flavour, makes pleasant tasting with a slight acidity. The fruit ripens intermittently over a period of about 6 weeks from early to mid April until May.

 

Medicinal Properties:
The fruit is a very rich source of vitamins and minerals, especially in vitamins A, C and E, flavanoids and other bio-active compounds. It is also a fairly good source of essential fatty acids, which is fairly unusual for a fruit. It is being investigated as a food that is capable of reducing the incidence of cancer and also as a means of halting or reversing the growth of cancers.

How to plant:
They are great hedge plants, making a full and evergreen fence, and are great companion plants, they can be planted in the line of an old shelterbelt of trees that is becoming bare at the base and will in time fill up the empty spaces. They tolerate maritime exposure and grow very well in poor soils, and drought resistant.
This species has a symbiotic relationship with certain soil bacteria, these bacteria form nodules on the roots and fix atmospheric nitrogen. Some of this nitrogen is utilized by the growing plant but some can also be used by other plants growing nearby. An excellent companion plant, when grown in orchards it can increase yields from the fruit trees by up to 10%.
Cuttings of half-ripe wood, 7 – 10cm with a heel, should be potted in July/August in a frame. They can be slow but you usually get a good percentage rooting.

(source: pfaf.org

Reviews

There are no reviews yet.

Be the first to review “Elaeagnus ebbingei”

Your email address will not be published. Required fields are marked *